domingo, 13 de setembro de 2009

Why did my heart feel so bad, if we are all made of stars?!


Sinto-me bem.
No meio de um concerto, o vento com o mar a soltar-me os cabelos, as músicas que gosto a encherem-me os ouvidos, no telemóvel os amigos que nunca se esquecem e querem ser os primeiros...

Estou em paz, estou bem, estou feliz...

As adversidades a única coisa que conseguiram foi pôr-me umas horas triste e desanimada. As pessoas existem na minha vida e as estranhas são as que muitas vezes fazem milagres.

Os primeiros dias de Setembro costumam trazer-me muitas surpresas e este ano trouxe o meu reconhecimento por parte de mim própria.

Existo, choro, rio, atravesso a ponte com a cabeça fora da janela do carro... Sou eu.
Adriana


video

2 comentários:

Daniel Ferreira disse...

Um momento para mais tarde recordar :D

Num parque da cidade by night e um artista inspirado, a conviver com o público como se fosse um gig num qualquer bar perdido nas ruas de NY.

Eu dava 5 estrelas, mas acho que eram mais do que 5 :)

Octávio Pimentel disse...

What's wrong?

A música foi divinal e o espaço convidava. A envolvente agradável.
O que falhou mesmo foi a comida.