domingo, 31 de maio de 2009

La Fura dels Baus

Estávamos a deambular (ou a vagabundear) na estranheza do som, no mistério das luzes, no sufoco do calor...
Apocalipse Now, lembrei-me...
Entreolhavamo-nos na interrogação da curiosidade, na ansiedade do começo...
A adivinhação da brutalidade que nos ía mostrar que afinal somos pequenos seres dum mundo rotineiro...
A vontade de sermos grandes, poderosos, como eles...
Imperium...

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Picture of my own...



"Meu filho, os aventureiros realizam as suas conquistas e as demais pessoas aplaudem-nos. Sai sempre do lugar-comum."
"Precisava de ser ousado e criativo para percorrer os solos intangíveis da alma humana e caminhar no indecifrável território da emoção."
"Muitos dos que têm morada certa passam pela existência sem nunca percorrer as avenidas do seu próprio ser. São forasteiros para si mesmos. Por isso, são incapazes de corrigir as suas rotas e superar as suas loucuras."
Augusto Cury


video

segunda-feira, 18 de maio de 2009

A FORÇA necessária para o início de uma semana destas...

"O que é fácil é desinteressante, a dificuldade enriquece, o mistério também é feito no silêncio."

Muito bem, se eles querem dificultar-me a vida, eles que estejam à vontade...

Eu supero o desafio, eu piso o obstáculo, eu venço e subo um nível... com um sorriso maroto e ingénuo nos lábios...

domingo, 17 de maio de 2009

O início de uma NOVA semana...

Alimentar com sabedoria,
nutrir com simplicidade,
irrigar com liberdade...

video


"I'm a man with a one track mind
So much to do in one lifetime (people do you hear me)
Not a man for compromise and where's and why's and living lies
So I'm living it all, yes I'm living it all
And I'm giving it all, and I'm giving it all..."
Freddie Mercury

sábado, 16 de maio de 2009

O resumo da semana...


"... contagiar com a sua alegria transbordante, coragem para explorar o novo e pensar de forma diferente." Augusto Cury

You give me a taste, so I want more...

video

"We're never gonna survive, unless... we get a little crazy." Seal

domingo, 10 de maio de 2009

Louca, livre...

"Strawberries cherries and an angel's kiss in spring
My summer wine is really made from all these things" Nancy Sinatra

O calor que sinto no peito é prova de que o meu sorriso é, de novo, espontaneamente feliz.
O meu "olhar de lado" é misterioso e intimidante e a língua esquecida entre os dentes provocadora.
Voltei a sentir borboletas na barriga, voltei a saber como reagir perante as situações e emoções que voltei a despertar.
Voltei a cultivar a arte do prazer, a força da espontaneidade.

O fumo passou, as cordas quebraram-se...


video

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Eu...



Há uns tempos escrevi aqui: "A vida… com um arrepio na espinha, uma lágrima no canto do olho, um suspiro na garganta e as emoções à flor da pele... sensível" (27 de Abril); "Aproveitar os momentos em que sentimos o ego a tocar o algodão doce das nuvens para acumular energia. (…)Essa Energia e essa Força vão fazer-nos subir um nível na escala da Vida. Tornar-nos-á superiores, decididos" (15 Novembro); "Há momentos assim. Tenho tido muitos deles na minha vida. (…)São estes os momentos que me fazer chorar de paz..." (15 Fevereiro). E na passada sexta-feira voltei a chorar de paz: reuniram-se todas estas situações... em simultâneo.

De facto, há momentos que nos transformam, que nos dão uma lufada de ar fresco, novo, vivo, que nos purificam, que nos levantam a cabeça, que nos tornam independentes e imbatíveis, que criam uma barreira protectora impenetrável, que reforçam a nossa inteligência emocional e espiritual.

Sexta-feira à noite aconteceu isso... Apetecia-me beijar todas as pessoas que já me fizeram feliz, mesmo que depois tenham arrancado pedaços do meu coração... Naquele momento, só tinha valor o sorriso, a lágrima de tranquilidade e não as tristes lembranças... Naquela sexta-feira, decidi o que tinha a fazer... Sim, porque ainda não me sentia completa, verdadeiramente eu, ainda sentia qualquer coisa a puxar-me para trás no tempo, a impedir-me de morder o lábio como antes o fazia, de arrastar a língua pelos dentes e a manter aquele contante sorriso maroto que sempre me caracterizou... Hoje, segunda-feira, pus em prática essas resoluções.

Eu sou feliz... mas quero ser mais EU... Quero viver mais com os meus sentidos, sentimentos, emoções, reacções, loucuras, tudo aquilo que me faz sentir VIVA... Está na altura de voltar a redescobrir-me e, talvez, com um pouco de sorte, descobrir mais qualquer coisa que ainda não conhecia em mim: ser mais introspectiva, escrever mais, definir conscientemente o que me liga ou ligou às pessoas, às coisas ou às vivências.

A Adriana sorridente e feliz continua...
"o fogo a queimar o ar dentro de mim..."


video