segunda-feira, 4 de maio de 2009

Eu...



Há uns tempos escrevi aqui: "A vida… com um arrepio na espinha, uma lágrima no canto do olho, um suspiro na garganta e as emoções à flor da pele... sensível" (27 de Abril); "Aproveitar os momentos em que sentimos o ego a tocar o algodão doce das nuvens para acumular energia. (…)Essa Energia e essa Força vão fazer-nos subir um nível na escala da Vida. Tornar-nos-á superiores, decididos" (15 Novembro); "Há momentos assim. Tenho tido muitos deles na minha vida. (…)São estes os momentos que me fazer chorar de paz..." (15 Fevereiro). E na passada sexta-feira voltei a chorar de paz: reuniram-se todas estas situações... em simultâneo.

De facto, há momentos que nos transformam, que nos dão uma lufada de ar fresco, novo, vivo, que nos purificam, que nos levantam a cabeça, que nos tornam independentes e imbatíveis, que criam uma barreira protectora impenetrável, que reforçam a nossa inteligência emocional e espiritual.

Sexta-feira à noite aconteceu isso... Apetecia-me beijar todas as pessoas que já me fizeram feliz, mesmo que depois tenham arrancado pedaços do meu coração... Naquele momento, só tinha valor o sorriso, a lágrima de tranquilidade e não as tristes lembranças... Naquela sexta-feira, decidi o que tinha a fazer... Sim, porque ainda não me sentia completa, verdadeiramente eu, ainda sentia qualquer coisa a puxar-me para trás no tempo, a impedir-me de morder o lábio como antes o fazia, de arrastar a língua pelos dentes e a manter aquele contante sorriso maroto que sempre me caracterizou... Hoje, segunda-feira, pus em prática essas resoluções.

Eu sou feliz... mas quero ser mais EU... Quero viver mais com os meus sentidos, sentimentos, emoções, reacções, loucuras, tudo aquilo que me faz sentir VIVA... Está na altura de voltar a redescobrir-me e, talvez, com um pouco de sorte, descobrir mais qualquer coisa que ainda não conhecia em mim: ser mais introspectiva, escrever mais, definir conscientemente o que me liga ou ligou às pessoas, às coisas ou às vivências.

A Adriana sorridente e feliz continua...
"o fogo a queimar o ar dentro de mim..."


video

2 comentários:

Anónimo disse...

Como já te tinha dito é sempre muito bom ler o teu blog. Fazê-lo, desperta em mim sentimentos adormecidos, que sempre quis passar para o papel, mas que para desgosto meu, nunca consegui. Decididamente, há pessoas que em determinada altura da nossa vida, aparecem e nos ajudam a preencher vazios que vão ficando ao longo da nossa vivência. Obrigada por partilhares e me complementares. Laura.

Anónimo disse...

Eu tal como a Laura também gosto muito de ler o teu blog.
Ontem tive a mesma sensação que tu na sexta-feira e a resolução que tomei foi a mesma, estamos em sintonia? Não sei, só sei que agradeço todos os dias as pessoas que têm aparecido na minha vida e uma delas és tu e a Laura. O que seria a vida sem amigos, não falo de conhecidos, mas de verdadeiros amigos de pessoas que nos complementam e nos entendem! Continua com esse sorriso lindo que enche a alma de muita gente! Patricia