sábado, 27 de dezembro de 2008

Your Mirror

"Uma mulher é como uma saqueta de chá: nunca se sabe o quanto é forte até entrar em água quente."
Eleanor Roosevelt

sábado, 15 de novembro de 2008

All God's children need travelling shoes

Aproveitar os momentos em que sentimos o ego a tocar o algodão doce das nuvens para acumular energia. Não deixar escapar os dias em que nos sentimos especiais e imbatíveis para armazenar força. Essa Energia e essa Força vão fazer-nos subir um nível na escala da Vida. Tornar-nos-á superiores, decididos e, acima de tudo, mais conhecedores de nós próprios, da nossa realidade, das nossas fraquezas, das nossas emoções e sensibilidades. Deste modo, enfrentar as dificuldades, obstáculos e problemas torna-se menos conflituoso; ao passar à etapa seguinte, torna-se mais gostoso.
Adriana

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Bioquímica vs Metafísica = VIDA

Na última aula de Bioquímica e a propósito do stress oxidativo das moléculas, a professora disse que "a nossa vida está longe de ser linear: está cheia de evoluções, retrocessos, comunicações, contextos,... Resta é saber manter o equilíbrio..." Voilá

domingo, 19 de outubro de 2008

Sensatez vs Paixão

"A mulher sensata tem o cuidado de não perseguir o homem mais do que ele a persegue."
John Gray

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Situações Reais

"São os amigos a quem podemos telefonar às quatro da madrugada que interessam."
Marlene Dietrich

domingo, 12 de outubro de 2008

Perfect Sense

"Quem ama Cristo segue-lhe incondicionalmente os passos, como única meta existencial. O homem que ama uma mulher salta por cima de tudo, joga fora grandes valores em favor da amada. Não é justo nem injusto. É superior."
José Eduardo Pinto da Costa

sábado, 27 de setembro de 2008

Touch eternity

O que nos faz respirar fundo e sentir as moléculas de oxigénio penetrarem em todas as nossas células?
O estalar crocante das folhas do Outono?
Os recados assobiados pelo vento?
O odor rejuvenescedor do nevoeiro?
A frescura salgada dos salpicos do mar?
O calor húmido dos beijos apaixonados?
A surpresa duma estrela cadente?
O abraço sorridente do pôr-do-sol?

Adriana